RPC-130

TV Abortista

1

RPC-130

Foto de RPC-130-2 sintonizado à RPC-130-1 depois que uma funcionária SCD o ativou.

alpha-orange.png

Código do Fenômeno Registrado: 130

Classe de Objeto: Alfa-Laranja

Tipos de Risco: Risco Visual, Risco Informacional, Risco Newtoniano, Risco Mecânico

Protocolos de Contenção: RPC-130-2 deve ser mantido em uma Sala de Contenção à prova de som de classe Alfa, desconectado dos sistemas elétricos da instalação. A única instância de RPC-130-2 está atualmente na Área-██.

Funcionárias gravidas da Autoridade e crianças com menos de 6 meses de idade devem ser estritamente proibidos de entrarem na Sala de Contenção de RPC-130, com a exceção de funcionários SCD para testes.

Qualquer televisor deve ser mantido em pelo menos 50 metros longe de RPC-130-2, para prevenir que os mesmos efeitos se manifestem em outros televisores (Veja Registro de Incidentes-130-1). No entanto, esta não é uma maneira garantida de restringir a habilidade de afetar televisores fora desse alcance. A área do possível efeito da anomalia é provavelmente maior do que a área máxima do efeito observado até então. Acredita-se que o fenômeno constantemente muda seu alcance; Devido a isso, testes são feitos mensalmente para monitorar as mudanças em seu alcance.

Descrição: RPC-130 é composte de três anomalias distintas classificadas como RPC-130-1, RPC-130-2, e RPC-130-3. RPC-130-1 é um canal de TV com o nome de registro de [REDIGIDO]. RPC-130-1 tem a habilidade de se "espalhar" para TVs próximas: o alcance dessa habilidade muda aleatoriamente a cada instância de RPC-130-3 que aparece.
RPC-130-1 pode aleatoriamente se sintonizar à qualquer TV com nenhuma limitação de raio, embora a probabilidade de isso ocorrer é extremamente rara. Propriedades anômalas se manifestam quando uma TV é sintonizada à RPC-130-1.

O televisor (Daqui em diante referido como RPC-130) vai começar a gerar um ruído branco e estática. Quando esse ruído é escutado ou a estática é observada por uma indivídua feminina dentro de um trimestre de gravidez, a estática vai mudar para uma imagem exibindo crianças correndo em volta de uma fogueira em uma floresta e o ruído mudará para um som de música calma1. Essas mudanças também são visiveis para indivíduos não grávidos. As crianças mencionadas podem ser ouvidas falando em uma lingua não identificada. Depois de aproximadamente 1 minuto de ver RPC-130-2, o expectador vai sofrer de um aborto espontâneo com vários efeitos colaterais severos, incluindo mas não limitado a: dor intensa, hemorragia interna, vómitos, e morte. Bebês menores que 6 meses introduzidos a RPC-130-2 vão simplesmente desaparecer e uma nova instância de RPC-130-3 vai ser criada.

Depois desse processo uma criança, ou feto, vai aparecer na tela, agora designada como RPC-130-3. Quando identificáveis, cada nova instância de RPC-130-3 é identica aos bebês ou fetos que sumiram. Todas as instâncias de RPC-130-3 aparecem em RPC-130-2 independentemente da TV no qual RPC-130-2 está sintonizada. Existem atualmente 21 instâncias de RPC-130-3. Instâncias de RPC-130-3 também aparentam envelhecer conforme o tempo passa com RPC-130-1 ligado, a mais velha instância de RPC-130-3 tem aproximadamente 7 anos de idade.

A aquisição foi feita em 14/07/1986 quando a cidade de Athol, Massachusetts reportou 11 abortos, com 9 desses sendo fatais a mãe; Ao mesmo tempo, 3 bebês recem-nascidos desapareceram. Agentes da Autoridade descobriram que o GdI Igreja de Malthus havia adquirido a anomalia a empregado como uma arma. Agentes implantados da Autoridade exterminaram os agentes da Igreja de Malthus e administraram os amnesticos como necessário; uma história falsa de contaminação da água e um tiroteio entre gangues foi feita.


« RPC-129 | RPC-130 | RPC-131 »

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License